Portugal | Planícies | Santarém | Almeirim |
English | Español | Français | Texto | Fotos | Vídeos | Restaurantes

Almeirim



(c) Filipe Moreira / Semantix

Escolha um concelho
Abrantes
Alcanena
Almeirim
Alpiarça
Benavente
Cartaxo
Chamusca
Constância
Coruche
Entroncamento
Ferreira do Zêzere
Golegã
Mação
Ourém
Rio Maior
Salvaterra de Magos
Santarém
Sardoal
Tomar
Torres Novas
Vila Nova da Barquinha
| Hotéis (1) |



A poucos quilómetros de distância de Alpiarça, Almeirim foi outrora um dos locais preferidos pelos reis da dinastia de Avis, devido à abundância de caça.

Agora, pouco resta deste passado «real», mas gaba-se de possuir grandes quintas e belas residências de estilo revivalista e Arte Nova, para além das características casinhas rurais.

Vale a pena admirar os belos jardins e a imponente casa da Quinta da Alorna, erguendo-se nesta região fértil de planícies conhecida pelos seus vinhos e pela criação de gado e de cavalos.

Todavia, a maior parte das pessoas visita, hoje, Almeirim para se deliciar com a famosa «sopa de pedra», cujo nome deriva de uma lenda.

Uma vez, um monge pediu a um agricultor avarento que lhe desse qualquer coisa para fazer uma sopa. Como nada lhe foi dado, o frade pediu uma panela para ferver água e introduziu nela uma pedra. Passado algum tempo, provou a «sopa» e sorriu.

O agricultor, curioso e desconfiado, perguntou-lhe se estava boa. O monge respondeu que sim, mas que ainda ficaria melhor se tivesse um pouco de couve. O agricultor deu-lhe algumas folhas. O frade disse que estava óptima, mas que seria deliciosa se tivesse um pouco de chouriço... e por aí fora.

Hoje, a «sopa de pedra» é um prato saboroso e cheio de verduras, carnes e feijão, que constitui uma verdadeira refeição.

| Hotéis (1) |

Mapas de cidades
Almeirim

Mapa: Almeirim
Google

© 1997-2018 Guia de Viagens Portugal Travel & Hotels Guide | Termos legais | Contacto