Portugal | Montanhas | Guarda | Trancoso |
English | Español | Français | Texto | Fotos | Vídeos | Restaurantes

Trancoso



(c) Filipe Moreira / Semantix

Escolha um concelho
Aguiar da Beira
Almeida
Celorico da Beira
Figueira de Castelo Rodrigo
Fornos de Algodres
Gouveia
Guarda
Manteigas
Meda
Pinhel
Sabugal
Seia
Trancoso
Vila Nova de Foz Côa
| Hotéis (1) | Pensões e Residenciais (1) | Turismo no Espaço Rural (1) |



É possível sentir a atmosfera medieval da vila de Trancoso nas suas vielas ladeadas de portões biselados e paredes com mísulas onde muitas vezes se vêem vasos com flores.

Trancoso teve outrora uma grande população judaica e as casas da velha Judiaria ainda exibem as duas portas características: a mais larga para fins comerciais e a estreita para uso doméstico.

A vila foi dada pelo rei Dom Dinis como presente de casamento à rainha Isabel, em 1283, e foi também este monarca que mandou construir as muralhas imponentes que a rodeiam.

Vale a pena visitar o castelo, com cinco sólidos torreões e torre de menagem, o pelourinho e a Igreja de Nossa Senhora da Fresta.

A cerca de 24 quilómetros, a antiga vila de Marialva (provavelmente fundada no século XI), agora infelizmente em ruínas e votada ao abandono, teve um passado grandioso, e a muralha de granito, o pelourinho do século XV e os fragmentos de pedra trabalhada ainda nos dão uma ideia dessa grandeza perdida.

Outra povoação histórica, Moreira de Rei, exibe um belo pelourinho, as ruínas do seu castelo e uma igreja românica rodeada de sepulturas cavadas na rocha.

A melhor ocasião para visitar o concelho é em Agosto, quando a famosa Feira de Trancoso atrai os povos vizinhos desta região da Beira Alta e pode aproveitar para saborear uma das especialidades da gastronomia local, o cabrito assado.

| Hotéis (1) | Pensões e Residenciais (1) | Turismo no Espaço Rural (1) |

Mapas de cidades
Trancoso

Mapa: Trancoso
Google

© 1997-2018 Guia de Viagens Portugal Travel & Hotels Guide | Termos legais | Contacto